Renovação de Divída indevida de Cadastros no Spc e Serasa

SPC e SERASA - renegociação indevidaA Renovação de dívida indevida de cadastros nos órgãos de proteção, uma prática que parece estar se tornando muito comum, algumas empresas estão “renovando” o cadastro de consumidores inadimplentes no SPC e SERASA, o detalhe desta operação fraudulenta em muitas das vezes, é feita antes do processo caducar, ou seja, em 5 anos.

O procedimento tenta ser legitimado com a alegação de que o consumidor supostamente teria feito uma “renegociação da dívida” que novamente não teria sido paga, pretexto que na verdade não ocorreu em nenhum momento, serve apenas para manter a restrição nos órgãos de proteção ao crédito por mais 5 anos e consequentemente forçar o consumidor a pagar o valor da dívida adquirida acrescido de juros, multas e outros encargos, todos eles sempre cobrados de forma abusiva, para poder ter seu nome limpo na praça.

Outro fato que também tem ocorrido com freqüência é caso de “venda da dívida” para outras empresas, como a inadimplência nos últimos anos tem chegado a níveis altíssimos, e os “maus pagadores em muitos casos esperam a dívida caducar”, está fazendo com que esse tipo de negociação esteja virando um verdadeiro negócio paralelo.

Nestes casos sitados, cabe uma ação judicial para declarar a prescrição, pedindo a exclusão imediata do nome dos cadastros restritivos, obviamente cabe ao consumidor ser reparado por qualquer prejuízo causado pela manobra, sendo assim, com a ajuda de um bom advogado pode-se entrar com uma ação objetivando indenização por dano moral (e financeiros em alguns casos) pela manutenção indevida no SPC e SERASA e outros órgãos.

Havendo processo judicial a empresa terá que exibir os documentos em audiência, para comprovar a “renegociação da dívida’ devidamente assinado pelo cliente, se não o fizer, estará constatado as irregularidades o dano comprovado.

Previous ArticleNext Article

1 Comentario

  1. hoje recebi uma proposta de fininvest para pagamento de uma debito que talvez nao tenha sido pago em 2001 o qual esta em r$95.000,00 e me propoem um pagamento de 4.800,oo gostaria de saber se essa divida ja nao prescreveu depois de quase 9 anos e sem que os mesmos se manisfestassem a cobrança do mesmo o meu endereço de correspondencia permace o mesmo desde de 2001 e nunca recebi nenhuma cobrança ou telefone dessa empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *