Reembolso de Empréstimo

Reembolsar empréstimosO reembolso de empréstimo é quando uma pessoal adquire um crédito ou empréstimo assinando um contrato financeiro como mutuário com a obrigação de devolver o montante emprestado em uma quantidade de parcelas pré-estabelecida.

O pagamento do reembolso pode ser feito principalmente através de carnês, folha de cheque, boletos, débito em conta bancária e com desconto em folha de pagamento. Ao contrair um empréstimo o mutuário tem que arcar com os acréscimos dos juros que serão aplicados junto ao valor principal, esses juros são tem influência direta de acordo com o tipo de empréstimo solicitado pelo proponente.
Em empréstimos consignados as parcelas descontadas mensalmente são feita diretamente no benefício, contracheque ou salário, de acordo com a lei vigente o valor máximo permitido por parcela é de até 30% da renda mensal e o reembolso do empréstimo pode ser contratado em até 60 meses, há casos de 72 e 96 parcelas.

Como escolher o Prazo para Reembolso de Empréstimo?

Para cada tipo de empréstimo o reembolso tem um período diferenciado, como o caso do empréstimo pessoal, o mutuário pode pagar através de um boletim (boleto), carnê, cheque ou pagar com débito automático em conta corrente.

O reembolso dos empréstimos em todas as modalidades teram um número específico de parcelas fixas e espalhadas ao longo de vários anos escolhidas pelo devedor, a duração do empréstimo é geralmente estipulado pela instituição financeira entre um mínimo de 06 meses e um máximo de 120 meses (10 anos) e a quantidade das parcelas para reembolso do empréstimo depende da modalidade e da finalidade do empréstimo, exemplo: “crédito automóvel e crédito habitação”.

O empréstimo pode ser finalizado ou não finalizado, ou seja, baseado no bem ou mercadoria adquirida é definido se é com ou sem vínculo, se terá restrição da utilização do empréstimo ou ainda se haverá a necessidade de fornecer a insituição financeira explicações sobre a finalidade do uso do empréstimo.

Na maioria dos casos os empréstimos contratados poderão ser quitados a qualquer tempo, ou seja, o devedor poderá amortizar as parcelas restantes ou reembolsar o saldo devedor ao banco ou financeira de uma só vez, esse procedimento também pode ser utilizado em empréstimos feitos para compra de bens de consumo financiado.

O reembolso de empréstimo é obrigatório durante o tempo determinado na contração do crédito e o não pagamento poderá trazer uma série de problemas tais como inscrição no SPC e Serasa e/ou no Relatório de Crédito entre outros.

Previous ArticleNext Article

5 Comentarios

  1. solicitei um emprestimo consignado junto ao inss a financeira comprou minha dívida só que o inss não liberou o emprestimo e agora como faço p reembolsar a financeira ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *