Débito no Cartão de Crédito

Débito no cartão de créditoConseguir um cartão de credito hoje é muito fácil, a emissão em alguns casos é realizada de forma rápida e apenas apresentando o RG, CPF ou comprovar renda e pronto, o cadastro tá feito.

Nas ruas e lojas das grandes cidades diversas pessoas nos abordam para solicitar um cartão de crédito, o principal objetivo das instituições financeiras é aumentar o número de associados e emitir milhares de cartões todos os meses e com isso automaticamente aumentar os coeficiente de anuidades recebidas pelos portadores de cartão.

E por causa dessa “sede” por muitos clientes, muitas instituições financeiras estão enviando cartões de crédito sem que a devida solicitação tenha sido feita pelas pessoas.

As pessoas por vezes ignoram a situação e nem desbloqueiam o cartão enviado, mas no mês seguinte é provável ser surpreendida com a chegada de uma fatura com uma cobrança indevida qualquer. Em alguns casos pode acontecer do limite de crédito ser baixo e o valor da anuidade é alta.

Como dito, tem pessoas que nunca utilizaram um cartão de crédito, e quando utilizam, acabam se atrapalhando no pagamento, efetuando o pagamento das faturas em atraso, gerando débito no cartão de crédito e dívida e mais dívidas com taxas de juros das mais altas do mercado, complicando a vida do devedor com a inadimplência e com a inscrição do seu CPF no SPC e Serasa.

Quando o cliente não concorda com os juros altíssimos cobrados pela administradora, o mais óbvio é tentar um acordo, se não for possível, então a procura de um advogado especialista em direito do consumidor poderá resolver esse problema.

O advogado solicita um acordo para retirada dos juros facilitando o pagamento do que realmente a pessoa deve, na contra partida se por um acaso o cliente não cumpra com a quitação da dívida acordada, medidas cabíveis serão tomadas pelas administradoras de acordo com as sanções legais do mercado financeiro.

A dica para evitar problemas no crédito, é a partir do momento que a situação do débito no cartão estiver ficando descontrolada, procure regularizar o mais rápido possível as pendências para que futuramente não vire uma bola de neve antes que surgem complicações no seu orçamento e restrição no nome.

Previous ArticleNext Article

26 Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *