Como Regularizar Pendências no SERASA e SPC de Cheque sem Fundos

Dicas de como regularizar pendências de cheque no Serasa 

Pendências no SERASA e SPC

O primeiro passo é procurar a Agência do Banco indicado como apresentante da ocorrência de cheque sem fundos.

Segundo passo, solicite ao Banco indicado informações sobre o número, o valor e a data do cheque que por duas vezes foi apresentado na conta corrente e voltou por falta de pagamento.

Terceiro passo, verifique nos canhotos dos cheques antigos em seu poder para quem foi emitido o cheque sem fundos, e procure a empresa ou pessoa, para poder regularizar o débito pendente e recuperar o cheque.

Quarto passo, já esta com o cheque em mãos, prepare uma carta, conforme as orientações do gerente da sua conta bancária que informou a ocorrência de cheque sem fundos. De posse do original do cheque recuperado, pague no Banco as taxas de devolução do cheque e protocole uma cópia dos documentos entregues ao Banco para regularização no Banco Central.

O correntista deve obter o protocolo da comunicação de regularização do seu Banco para o Banco do Brasil, para a regularização no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF), o Banco Central é encarregado de processar a atualização do arquivo de CCF.

A regularização de cheques sem fundos é processada assim que o Banco do Brasil envie comando específico para a Serasa, por meios magnéticos.

Saiba como Consultar SPC e Serasa grátis

Para conhecer os endereços de atendimento da Serasa, clique aqui.

Previous ArticleNext Article

2 Comentarios

  1. estou com 6 cheques sem fundo na praca que emprestei para uma pessoa e essa pessoa deu meus cheques como garantia e ele quebrou e ne deixou no spc e serrasa os cheques voltaram e ele nao os pagou.o valor e 40 mil e eu nao tenho condicoes e nao irei pagar e ninguem entrou na justica para me cobrar o que ira acontecer?vou sair do spc e serrasa um dia?

  2. estou com um cheque sem fundo na praça e não consigo localizar a pessoa para eu resgatá-lo. Oque pode ser feito neste caso,
    obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *